Mulher salva borboleta com asa partida ao fazer-lhe uma pequena cirurgia!

A Borboleta-monarca é uma espécie de borboleta que tem uma esperança média de vida que pode variar de duas semanas a cinco meses, no entanto, uma borbota de Romy McCloskey nasceu com uma asa “deficiente”, acabando por ficar condenada a ter um fim mais breve.

Felizmente, Romy, uma mulher que dedica grande parte do seu tempo a cuidar de borboletas, conseguiu salvar o pequeno animal ao realizar uma cirurgia bastante delicada.

Com uma toalha, um gancho para o cabelo, cola, um palito para os dente, uma cotonete, tesoura, pinça, pó de talco e uma asa de borboleta extra de uma das suas borbotas que havia morrido dias antes, Romy conseguiu colar a tal asa extra na asa deficiente da borboleta e ao fim de apenas um dia de descanso, esta já conseguiu voar.

Segundo Romy, as borboletas não têm receptores de dor, por isso não foi preciso “anestesiar” o animal, sendo que para eles as asas são como as unhas para os humanos.

Vê só o resultado do seu extremo cuidado com este animal que certamente lhe ficará grato o resto dos seus dias – por muito poucos que sejam!